Nesta segunda-feira foi a vez da STR apresentar seu carro para a temporada 2014 da Fórmula 1. A equipe co-irmã da RBR exibiu o novo STR9 no circuito espanhol de Jerez de la Frontera, que será palco da primeira semana de testes de pré-temporada a partir desta terça-feira. Oitava colocada no Mundial de Construtores de 2013, a escuderia italiana foi a primeira a mostrar seu carro ao vivo – os demais times que lançaram seus carros o fizeram através de fotos, desenhos ou vídeos na internet. Os pilotos do time, o francês Jean-Eric Vergne, e o estreante russo Daniil Kvyat participaram do lançamento, tirando a coberta e revelando o bólido para o mundo. O novo carro é o primeiro do time equipado com os motores Renault, os mesmos da filial RBR. A fornecedora anterior de propulsores era a Ferrari.

Leia também:  Apresentador passa mal "ao vivo" em Lucas do Rio Verde

Assim como McLaren e Williams, a STR adotou um design em sua dianteira que está gerando estranhamento entre os fãs da categoria e já foi comparado dentre outras coisas, a focinho de tamanduá, golfinhos, a um dedo e até ao nariz do personagem “Gonzo”, dos “Muppet Babies”. A pintura do novo carro, projetado pelo diretor técnico James Key (ex-Sauber e Force India), segue bem semelhante às dos anos anteriores, com predominância do azul escuro cromado, composto com detalhes em vermelho e dourado. O desenho parece tentar “camuflar”, sem sucesso, o polêmico bico, pintado na cor azul logo depois de uma parte dourada que vai até o limite da asa dianteira.

Com o intuito de proporcionar mais segurança aos pilotos em caso de um choque em “T” e evitar decolagens em toques dianteiros nos pneus traseiros, a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) diminuiu a altura do bico para apenas 185 mm, contra os 550 mm de 2013). O visual estranho de alguns carros, no entanto, acabou sendo gerado porque a entidade não estabeleceu uma largura mínima para a ponta da peça.

Leia também:  União faz neste sábado primeiro jogo da final do sub-19

Apesar de o bico chamar atenção no visual, é a parte técnica que merece destaque do chefe da equipe, Franz Tost. O dirigente ressaltou o trabalho da equIpe para projetar o carro a partir das profundas mudanças do regulamento da F-1 em 2014.

– A temporada 2014 será muito interessante de muitos pontos de vista. Eu chamo do ano da novidade e das novas estratégias. Tivemos que redesenhar o bico, as laterais, as asas. Nunca antes começamos tão cedo a desenhar essas peças. As laterais ficaram mais largas, e tivemos que encontrar o espaço para os radiadores. O time fez um bom trabalho para fazer isso sem perder performance aerodinâmica. Nunca antes trabalhamos tão duro nas semanas que antecedem os testes como nessa com o STR9. O time ficava na fábrica até as 2 da manhã para terminar, mas conseguimos.

Leia também:  União tem estreia contra o Dom Bosco confirmada

Depois dos testes desta semana em Jerez, os pilotos participam de duas baterias de avaliações no Bahrein, de 19 a 22 de fevereiro, e de 27 de fevereiro a 2 de março. A temporada 2014 começa de 13 a 16 de março, com o GP da Austrália.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.