A presença de Rafael Nadal na América do Sul é bastante esperada, mas a lesão nas costas que o tenista sentiu na final do Aberto da Austrália preocupou fãs argentinos e brasileiros. As dores na região foram capazes de fazer o número 1 do mundo baixar de nível em quadra e ser derrotado pelo suíço Stanislas Wawrinka na briga pelo título em Melbourne. Porém, de acordo com o tio e técnico do espanhol, Toni Nadal, o Touro Miúra estará em condições de disputar o ATP 250 de Buenos Aires, entre 10 e 16 de fevereiro, e o Rio Open, evento de nível 500 que será realizado no Jockey Club Brasileiro, no Rio de Janeiro, entre os dias 17 e 23 do mesmo mês.

Leia também:  Times de Mato Grosso vão mal na rodada de final de semana

– O médico disse que é um endurecimento dos músculos e alguns dias de descanso devem ser suficientes. Ele entrou no jogo após sentir pontadas durante a semana, mas muito pequenas, que normalmente não afetam em nada. No segundo game do segundo set, ele sentiu um beliscão. Quando perguntei a ele, após o tratamento, o que estava acontecendo, ele disse: “acabou” – contou Toni à rádio espanhola Cadena SER.

No segundo set contra Wawrinka, o espanhol sofreu uma lesão nas costas e parecia que iria abandonar a partida. O espanhol pediu atendimento do fisioterapeuta e foi para o vestiário. Quando retornou à quadra, foi vaiado pelo público. Lutando contra as dores, o Miúra não foi capaz de conquistar o título e perdeu pelas parciais de 6/3, 6/2, 3/6 e 6/3.
No Rio Open, Nadal é um dos cinco tenistas do Top 20 da ATP que estarão em ação. Além do número 1 do mundo, estarão presentes os espanhóis David Ferrer (5), Tommy Robredo (16) e Nicolás Almagro (17) e o italiano Fabio Fognini (15).

Leia também:  1º Campeonato de Futebol Amador é suspenso temporariamente
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.