O vereador Thiago Muniz (PPS), sobrinho do prefeito, disse durante a ordem do dia realizada nesta terça-feira (21) na Casa de Leis, que a cidade não vai pra frente por conta dos contribuintes que não pagam seus impostos em dias. “Todos sabem que no começo do ano tem vários impostos a serem pagos e as pessoas não pagam, é por isso que Rondonópolis não vai para frente. É preciso que se faça projetos para que essa situação seja revertida”, ameniza o parlamentar durante a Ordem do Dia.

Hoje o saldo devedor de IPTU na prefeitura é de cerca de R$ 70 milhões e apesar do dinheiro fazer falta para a administração, o ‘sufoco’ do Paço não se resolverá somente se os contribuintes pagarem suas contas em dias.

Leia também:  STF anula provas contra Valtenir
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.