No final do segundo semestre 2013 um nome dominou as manchetes do caderno de política dos jornais, sites e noticiários mato-grossenses. Eraí Maggi.

O primo do senador e ex-governador de MT, Blairo Maggi, aparecia constantemente na capa dos jornais, e cada movimento seu era acompanhado de perto pela mídia.

Tido como o mais novo empresário a adentrar na seara política, Eraí espalhou pelos quatro ventos que sairia candidato ao governo do Estado. Contudo, após insistentes conselhos do primo famoso, Eraí se recolheu e sumiu da mídia.

O AGORA MT explica: após conversa mantida entre a reportagem e um assessor do maior produtor individual de soja do mundo, ficou claro que Eraí seguiu os conselhos de Blairo.

Leia também:  Kléber Lima volta ao comando da Comunicação

“Ele entendeu que antes de chegar ‘solando’ na política, é preciso fazer amigos, constituir corpo político, se entrosar; não adianta chegar só com dinheiro; tem que buscar alianças, formar coalizões em torno de um projeto e isso leva tempo”, explicou o assessor que acompanha os passos de Eraí rumo à política brasileira.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.