As produções da Warner Bros. baseadas nos escritos de J. R. R. Tolkien (1892-1973) — no caso, O Senhor dos Anéis e O Hobbit — estão conduzindo o estúdio, fundado há 90 anos, ao posto de mais rico de Hollywood. Pelas contas do New York Post, a empresa teve 4,25 bilhões de reais em bilheteria em 2013.

E O Hobbit: A Desolação de Smaug, lançado há menos de um mês, tem papel decisivo no ótimo resultado. Já faturou 449,5 milhões de reais nesse meio tempo, o que o torna ainda mais lucrativo que outros sucessos lançados pela Warner neste ano, como O Homem de Aço e Gravidade.

Com 17% de participação de mercado, esta é a quarta vez em seis anos que a Warner Bros. lidera o acirrado ramo cinematográfico dos EUA. Nos outros dois anos, a empresa de entretenimento ficou em segundo lugar.

Leia também:  Rico e Lázaro | Shamiran passa mal enquanto Sammu-Ramat faz um ritual contra ela
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.