O deputado afirmou ainda que não tem participação nenhuma na empresa - Foto: Arquivo
O deputado afirmou ainda que não tem participação nenhuma na empresa – Foto: Arquivo

O deputado federal Wellington Fagundes (PR) afirmou na manhã desta quarta-feira (29), durante entrevista, que a MT-130, que vem sendo foco de críticas pela má manutenção da rodovia, é do empresário e deputado estadual Nininho (PR). Durante a fala ele ainda afirmou que o local não devia ter buraco, já que o contribuinte paga por isso.

A Concessionária Morro da Mesa detém a concessão de 122 km da MT-130 desde outubro de 2012 e segue pelo prazo de 28 anos e desde o início as reclamações são constantes.

A Diretoria de Transportes e Rodovias afirmou que a empresa já foi multada pela falta de manutenção na MT e caso o problema não seja solucionado ela corre o risco de perder a concessão. A empresa ainda pediu autorização para o aumento do pedágio de R$6,50 para R$6,80 o que não foi analisado devido ao mau estado da via.

Leia também:  Rondonópolis | Empresa inova e doa mudas de árvores para comemorar Semana do Meio Ambiente

RONDONÓPOLIS

O vereador Rodrigo Luglli debateu o assunto da MT durante a sessão da Câmara Municipal realizada na tarde desta quarta. Ele afirmou que é inaceitável uma via com pedágio estar pior do que antes. Ele comprovou ainda que na época em que foi realizada a licitação a cobrança inicial do pedágio seria de R$ 3,98, porém desde o início o valor cobrado chega a quase o dobro e as obras de melhoria nunca aconteceram.

Ainda durante a sessão o vereador afirmou que em um balanço repassado a ele, já foi comprovado pelo Procon da cidade que a empresa já cobrou indevidamente mais de R$ 8 milhões.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.