O técnico do Mixto, Zé Roberto, está valorizando muito o clássico diante do Clube Esportivo Operário Várzea-grandense pela primeira rodada do Campeonato Mato-grossense deste ano.

A partida, válida pela Chave B, está marcada para o próximo domingo, às 16h, no estádio Dutrinha. Com elenco totalmente reformulado com a ida de vários jogadores para o Tricolor várzea-grandense, ele já adiantou que irá só definir o time titular momentos antes do jogo, no vestiário. Segundo ele, é importante não municiar o adversário com informações a respeito dos quais jogadores podem sair jogando. “Só vou divulgar os 11 titulares dentro do vestiário. Clássico é clássico, em especial se tratando da rivalidade que envolve Mixto e Operário. Não tenho costume de falar muito da equipe que vou utilizar”.

Leia também:  Público reage e evita prejuízo para o União

Para o primeiro jogo do Alvinegro da Vargas na temporada, o treinador mixtense não poderá contar com o futebol do volante Chicão. O jogador sofreu uma lesão no joelho direito e desfalcará a equipe por três rodadas. Para o setor de marcação, Zé Roberto conta com Kiko, único remanescente da campanha na Série D ano passado e recém-contratado Paulinho Pitbull. Garantido na Copa do Brasil e na Copa Verde, a diretoria do Mixto não economizou para montar um novo elenco de jogadores. O clube contratou mais de 17 jogadores sob orientação do agente de futebol Boiadeiro. Para Zé Roberto, o objetivo da comissão técnica é levar o Alvinegro ao título de campeão mato-grossense deste ano.

Leia também:  Após derrota, Luve tem desafio contra o Oeste

“O Mixto entra na disputa para brigar pelo título. Desejamos muito esta conquista”, disse o treinador, ressaltando que a meta é garantir vaga para o Campeonato Brasileiro da Série D.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.