A Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM) deve cobrar dos pretensos candidatos ao governo do Estado, nas eleições de outubro, uma carta de compromisso que assegure investimentos em áreas prioritárias nas cidades, além da discussão de prioridades. O presidente da entidade, prefeito de Juscimeira, Valdecir Colle (PSD), o Chiquinho, disse que o encontro público deve acontecer em março, e conta também com participação de entidades, inclusive ligadas agronegócio e também do próprio Ministério Público.

Em meio proposta da carta, o presidente destacou as dificuldades que alguns municípios enfrentam para obter recursos. “Vamos pedir atenção para mais infraestrutura dentro das cidades, melhoria no orçamento, investimentos em Saúde, Educação, escolas municipais, estaduais, piso do magistério, enfim. Sabemos das dificuldades que às vezes há na obtenção do governo do Estado para recursos junto à União, mas também das pequenas cidades, por meio do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento”, explicou. A intenção é que os compromissos sejam cumpridos ao longo do mandado.

Leia também:  Estado prorroga vacinação contra gripe até dia 9 de junho

Segundo o presidente, as cobranças de investimentos também deve ser direcionada aos presidenciáveis nas eleições, durante a marcha nacional dos prefeitos, encontro previsto para ocorrer em Brasília (DF) ainda neste semestre.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.