Foto: reprodução
Foto: reprodução

Elas foram cortadas por sua tia em Xiangyang, na província de Hubei, na China, depois de uma disputa familiar que acabou em tragédia. A história está circulando pela maior rede social do país, a Weibo, uma vez que foi divulgada pela imprensa e exposta na internet.

A CCTV informou que o incidente ocorreu em 28 de janeiro. Zhang Qihui,  35 anos, levou o filho do irmão de seu marido para um beco próximo da casa e cortou suas duas orelhas e parte de seu queixo com uma faca depois de se sentir ofendida em uma discussão dentro de casa.

Os moradores ouviram a criança chorando e encurralaram Zhang e chamaram a polícia. As orelhas foram resgatadas do local, colocadas no gelo para posterior cirurgia, mas os médicos não foram capazes de recolocá-las.

Leia também:  Milhares de pessoas marcham em Barcelona contra declaração de independência

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.