A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) dá essa semana a campanha de prevenção a DST/AIDS durante o período do Carnaval, que acompanhará do slogan do Ministério da Saúde, “Se tem festa, festaço ou festinha, tem que ter camisinha”.

A coordenadora do Programa DST/AIDS da SMS, Cristina Pereira Silva, explicou que a meta é distribuir pelo menos 70 mil preservativos e conscientizar as pessoas sobre a necessidade de cuidados nas relações sexuais, principalmente neste período de festa que favorece a contaminação.

Durante esse período a Secretaria de Saúde colocará um stand para distribuição de preservativos paras os foliões e também atendimento do Pronto Socorro com profissionais da saúde e do SAMU.

Cristina reforça que durante todo o ano é realizado trabalho de conscientização no município, contudo durante o Carnaval a ação é reforçada, principalmente em razão que no último boletim do Ministério da Saúde Rondonópolis está entre os municípios com maior incidência da doença.

Leia também:  Esquadrilha da fumaça faz show aéreo em Rondonópolis
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.