Funcionários de uma loja de confecção localizada na avenida Amazonas, região central de Rondonópolis, foram até a 1ª Delegacia de Polícia na tarde desta segunda-feira (17), para registrar um Boletim de Ocorrência (BO) contra uma cliente que foi até o estabelecimento tirar satisfação e ameaçar funcionários, após receber uma cobrança.

Em depoimento a Polícia Militar (PM), funcionários disseram que a suspeita E.S.A., 27 anos, juntamente com o marido, chegaram à loja dizendo que a cobrança era indevida. Ao verificar o histórico de compras, foi confirmado que a cliente havia adquirido produtos no mês passado, inclusive a assinatura foi confirmada, mesmo assim foi negada.

Irritada a cliente e o marido começaram a ameaçar as funcionárias, dizendo palavras de baixo calão. Não satisfeita à mulher pediu as imagens das câmeras para confirmar se tinha mesmo feito a compra e ao ser informada que não existe câmeras no local continuou  agressão verbal contra as pessoas que estavam lá.

Leia também:  Homem é esfaqueado após fazer fofoca na casa de vizinha

Ainda no impasse, o casal disse que resolveria de outro jeito e falaria para ladrões irem roubar a loja, já que lá não existem câmeras.

Após a confusão a PM foi acionada, porém a cliente não aguardou a chegada dos policiais e fugiu.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.