Um projeto de lei ainda em tramitação na Assembleia Legislativa quer prevenir ações de violência em estádios, ginásios e campos de Mato Grosso por meio de identificação dos torcedores filiados nas Unidades Esportivas. A proposta apresentada pela deputada estadual Luciane Bezerra (PSB) foi recebida de forma positiva pelos times e desportistas de Rondonópolis.

Para o diretor do Rondonópolis Esporte Clube (REC), Márcio Schimidt, apesar do público presente nos jogos dentro do município estar entre cerca de 500 pessoas, a iniciativa é boa, já que previne possíveis atitudes de torcedores.

“É louvável qualquer projeto que venha contribuir com a integridade física dos atletas, comissão técnica, imprensa e até mesmo outros torcedores”, comenta.

Leia também:  Pesso chega e começa a montar o União

Membro da Torcida União Fanática (TUF), o torcedor Jurandir Pereira de Souza, relembrou um episódio polêmico no ano de 2008. Onde segundo ele, após provocação da torcida Furação Azul, do Tigre da Vila, houve confronto entre as torcidas, e quebradeira no estádio.

“Qualquer iniciativa que ajude a trazer os torcedores de volta para os estádio é louvável. O projeto só tem a beneficiar a população e inibir qualquer prática de violência”, pontua Jurandir.

SOBRE O PROJETO

Conforme a iniciativa parlamentar, as entidades gestoras esportivas, ou pessoa física ou jurídica, que realizar venda ou distribuição gratuita de ingressos, para espetáculo ou jogos de qualquer modalidade esportiva, realizado em Mato Grosso, deverão registrar a identificação dos torcedores e guardar o registro por 12 meses.

Leia também:  Luverdense fica no empate com o Paraná

Devem constar no cadastro: fotografia do torcedor, em tamanho 3/4; anotação do número da Carteira de Identidade e do, mediante a apresentação dos documentos originais; endereço completo, endereço eletrônico, número de telefone fixo ou de celular e não será permitida a venda de ingressos às torcedores que não apresentarem a documentação.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.