Uma pesquisa realizada pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) revela que por conta de uma semeadura concentrada em Mato Grosso, a maior parte da área estará pronta para colheita entre 9 de fevereiro e início de março.

A pesquisa mostra que com quase 45% da safra de soja 2013/14 plantada em apenas 15 dias no mês de outubro, há boas chances de que grande parte da área esteja pronta para colheita em um curto período de tempo. Os dados apontam que o problema foi ocasionado pela falta de chuvas o que fez os produtores aguardarem boas condições para colocar o grão no solo.

Ainda de acordo com a pesquisa o processo de retirada da produção pode ser complicado pela questão climática, pois há previsões de elevados volumes de chuvas em fevereiro.

Leia também:  Brasil precisa melhorar qualidade da carne para não perder mercado, diz empresa

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.