Os saltadores Mauro Vinícius da Silva, o Duda, e Keila Costa, ambos da BM&FBovespa-SP, viajam neste final de semana para a Europa, para nova fase de preparação para o Campeonato Mundial Indoor, que será disputado de 7 a 9 de março próximo, em Sopot, na Polônia.

Os atletas viajam com despesas pagas pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), com recursos do Plano Brasil Medalhas, do Ministério do Esporte.

Duda, atual campeão mundial indoor do salto em distância, título assegurado em Istambul 2012, viaja neste domingo para Lisboa, onde fará um estágio no Centro de Alto Rendimento do Jamor, em Portugal. Ele segue acompanhado do técnico Aristides Junqueira e só volta ao Brasil após o Mundial da Polônia.

Leia também:  União, mesmo com derrota, avança e joga de novo contra o Dom Bosco

Antes da competição de Sopot, ele competirá no British Athletics Grand Prix, em Birmingham, dia 15, na Grã-Bretanha. “O torneio vai ser importante para acertar as marcas e fazer a adaptação ao indoor. Você chega mais tranquilo na pista do Mundial”, comentou o atleta paulista, quinto colocado no Ranking Mundial da prova em 2013.

Líder do Ranking Sul-Americano, com 8,31 m (1.4), e dono de nove entre as dez melhores marcas do continente no ano passado, ele enfrentou alguns problemas físicos no início de dezembro. “Agora estou bem melhor, com mais ritmo e confiante. Vai ser diferente defender o meu título mundial, mas não estou preocupado com os adversários. Quero evoluir”, completou.

Leia também:  União vence e avança na série D

Já Keila, medalha de bronze no salto em distância no Mundial Indoor de Doha 2010, embarca no sábado para Paris. “Estou treinando bem e vou disputar dois torneios como preparação”, comentou a atleta pernambucana, inscrita no salto triplo no Meeting de Eubonne, dia 11, na França, e também no GP de Birmingham. “Depois volto para fazer os treinos finais para o Mundial no Brasil”, prosseguiu a saltadora, orientada por Neilton Moura.

Top 10 do mundo no triplo, a atleta diz ter evoluído em relação ao ano passado, quando quebrou o recorde brasileiro da prova com 14,58 m, durante o Troféu Brasil/Caixa de Atletismo, em São Paulo. “Estou mais rápida, mais leve, mais magra, me sentindo bem melhor, mais preparada”, comentou Keila, que na semana postou no twitter ter recebido elogios de sua nutricionista após ser submetida a avaliações.

Leia também:  2ª Noitada de Boxe Olímpico acontece em Rondonópolis
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.