Deflagrada todos os anos pela Diretoria de Interior, no período que antecede o carnaval, a operação Pierrot, prendeu 205 pessoas, entre os dias 17 e 21 de fevereiro deste ano. A operação foi realizada nos municípios das 13 Regionais da Polícia Judiciária Civil, no interior de Mato Grosso.

Em cinco dias foram cumpridos 135 ordens judiciais (busca e prisão) e lavrados 121 autos de prisão em flagrante e apreendidos cerca de 12 quilos de drogas, 21 armas de fogo, 52 veículos com irregularidades, R$ 13 mil em dinheiro e US$ 342 mil dólares.

Na Regional de Rondonópolis, foram efetuadas 45 prisões e lavrados 25 flagrantes. Boa parte das prisões está ligada a crimes de roubos e furtos cometidos na cidade. A Regional de Alta Floresta também formalizou 28 prisões e lavrou 23 flagrantes.

Leia também:  Decon indicia falso protético que realizava procedimentos de dentista

Na cidade de Itanhangá, que pertence a Regional de Sinop, seis integrantes de uma quadrilha de tráfico de drogas foram presos, na operação “Rota 22”. As investigações iniciaram em novembro de 2013 pela Delegacia de Tapurah, que responde pelo município de Itanhangá.

O destaque da operação foi a apreensão de US$ 342 mil, equivalente a R$ 814 mil, encontrado em  compartimento adaptado em uma caminhonete Amarok, na cidade de Rio Branco, região da Regional de Cáceres. O veículo tinha sido apreendido pela Polícia Civil há cerca de duas semanas após denúncia anônima de tráfico de entorpecentes, ocasião em que foram presos Valmir Neres dos Santos, 38 anos, condutor do veículo, e Marcelo da Paixão, 35 anos, o carona.

Leia também:  Dupla aborda vítima e rouba moto no Jardim Eldorado

No interior do compartimento havia quatro sacos plásticos na cor marrom, envoltos em fita adesiva que, ao serem abertos, revelou a existência de dinheiro em papel moeda estrangeira.  O dinheiro foi contado em máquina própria e totalizou a quantia US$ 342.000,00. A descoberta dos dólares aconteceu após denúncia na Polícia Civil.

De acordo com o diretor de interior Aldo Silva da Costa, a operação objetiva trazer tranquilidade aos foliões durante o carnaval e reduzir a possibilidade de crimes com a prisão de criminosos nas localidades.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.