Eduardo Henrique disse estar empolgado em assumir o Operário, nesta reta final de Campeonato Mato-grossense. Ele pode comandar o time por apenas dois jogos, ou por até seis, já que o Chicote da Fronteira está classificado às quartas de final – vai enfrentar o União neste sábado, pelo jogo de ida. Henrique vai assumir a vaga deixada por Ary Marques, que pediu demissão após ter seu salário reduzido.

– Conheço bem o elenco, já trabalhei com a maioria deles e sei do potencial. Temos uma responsabilidade grande. O Operário é um time tradicional e pelo que conheço do grupo, vamos com totais condições de buscar o título – disse Henrique.

O último trabalho do treinador foi no União, quando conquistou o vice-campeonato da Copa Mato Grosso. Neste ano, vinha comentando os jogos do estadual pela Rádio Centro América FM.

Leia também:  Projeto Mais Esporte, Mais Cidadania é lançado oficialmente em Rondonópolis

– Pude observar melhor as partidas e isso me ajudou. O Operário será um time bom para treinar, que está se reestruturando novamente, não tem mais tanto problemas extra-campo. Estou motivado nesse novo desafio e espera corresponder.

Eduardo assume o Chicote da Fronteira nesta terça-feira. Sua reestreia será neste sábado, às 17h, no Estádio Presidente Dutra, pelo jogo de ida das quartas de final.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.