Glauciane Paiva de Freitas Lopes, coordenadora do Programa Mais Educação do município – Foto: Aécio Morais / AGORA MT
Glauciane Paiva de Freitas Lopes, coordenadora do Programa Mais Educação do município – Foto: Aécio Morais / AGORA MT

A Escola Municipal Indígena Leosidio Fermau, em Rondonópolis, teve um projeto selecionado pelo Programa Mais Cultura nas Escolas dos Ministérios da Cultura e da Educação. A unidade foi uma das 1.448 escolas já selecionadas.

De acordo com a coordenadora do Programa Mais Educação do município, Glauciane Paiva de Freitas Lopes, a ideia é difundir a cultura local para garantir que não seja extinta, no caso da Leosidio Fermau será desenvolvido um trabalho artesanal com cerâmica, palha, sementes e pedras, sendo posteriormente apresentado para as comunidades indígena e urbana.

A coordenadora explicou que é muito positivo para o município ter o projeto selecionado, pois irá fomentar os trabalhos desenvolvidos na instituição, que no caso da escola indígena envolverá voluntariamente cerca de 100 pessoas, entre alunos, professores e comunidade. Foram apresentados projetos de cinco escolas de Rondonópolis no programa, esta é a 1ª e três etapas que deve incluir 5 mil estabelecimentos de ensino no programa.

Leia também:  Prefeitura lança obras de esgoto em seis bairros de Rondonópolis

O programa dos Ministérios abordará seguimentos como dança, pintura, canto e artesanato dos povos indígenas e afro-brasileira; técnicas de audiovisual para a produção de animação infantil, além dos elementos culturais do hip hop, como a dança de rua, o graffiti e o rap com a iniciativa.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.