Um homem que tentava aplicar um golpe se passando por funcionário do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) foi preso pela Polícia Judiciária Civil, na manhã de sexta-feira (31), em Várzea Grande. O acusado Claudinei Evangelista da Silva foi autuado em flagrante por tentativa de estelionato.
O estelionatário visitava comércios se passando por Chefe de Setor do Ibama pedindo doações para financiar ações de funcionários do órgão no interior do Estado. Em troca, o proprietário do comércio receberia um CD com o Código Ambiental e um jornal informativo, em que os contribuintes tinham sua empresa anunciada.
Desconfiado da proposta, o dono de uma loja de materiais eletrônicos, no bairro Mapim Várzea Grande entrou em contato com a Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), que negou que o Ibama realizasse ações como a descrita pelo estelionatário. Diante da resposta do órgão ambiental, a vítima acionou a Delegacia Especializada de Crimes Fazendários que realizou a prisão em flagrante do suspeito.
De acordo com a vítima, o acusado pediu uma doação de R$ 100 em troca do CD e do informativo, o valor deveria ser depositado em uma conta corrente informada pelo estelionatário.

Leia também:  Após roubo a duas fazendas quadrilha é presa
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.