O preço do litro do etanol hidratado, que é usado diretamente no tanque dos veículos, subiu na maior parte dos Estados brasileiros na última semana encerrada em 1º de fevereiro, segundo levantamento da Agência Nacional de Petróleo (ANP). A alta nos postos não reflete os preços registrados nas usinas produtoras, em São Paulo, onde as cotações permaneceram com comportamento estável nas últimas semanas.

A alta nos postos de combustíveis foi verificada em 19 Estados, sendo as maiores no Amapá (2,65%) e em Mato Grosso (1,53%).

Em sete Estados e no Distrito Federal o preço do hidratado caiu ao consumidor final, com as maiores desvalorizações observadas na Bahia (0,78%) e em Goiás (0,41%).

Leia também:  Venda no Dia das Crianças deve registrar crescimento de 3,4%

É vantajoso ao consumidor final abastecer com etanol quando seu preço equivale a menos de 70% do preço da gasolina. Na última semana, essa relação ficou favorável ao biocombustível em Mato Grosso (68,11%), Paraná (68,50%) e São Paulo (67,55%). Em Goiás, essa paridade ficou na última semana em 69,90%.

Na usina em São Paulo, o preço do etanol hidratado subiu 0,18% na semana encerrada em 31 de janeiro, a R$ 1,2861 o litro, segundo o indicador Cepea/Esalq. Em quatro semanas, o indicador acumula alta de 0,13%.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.