Uma das maiores nadadoras do país, Joanna Maranhão anunciou sua aposentadoria, aos 26 anos. Quinta colocada nos 400m medley nos Jogos Olímpicos de Atenas, a atleta vinha enfrentando problemas fora das piscinas, com a falta de apoio para treinamentos e viagens. Em sua conta numa rede social, Joanna fez um desabafo e confirmou o fim da carreira.

– Pessoal, ontem o blog da “Swim Brasil” noticiou minha aposentadoria da natação competitiva. Aos poucos vou escrevendo mais e contando pra vocês tudo que me levou a chegar a essa decisão mas uma coisa quero que saibam desde já: e estou feliz. Estou motivada para essa nova caminhada, orgulhosa dos 23 anos que pratiquei a modalidade, dos 12 anos de seleção, dos 3 pan-americanos, das 3 olimpíadas que participei, e principalmente das derrotas que sofri. Foram elas, essas danadinhas, que me fortaleceram e me fizeram chegar na consciência que tenho hoje. O esporte que acredito não é o esporte que presencio. Muitos ídolos só conquistam medalhas, e isso é muito pouco diante das reais necessidades do nosso país. Sendo assim: prefiro canalizar meu talento e minha força pra outros ideais. Falei muito, questionei, propus mudanças e infelizmente gritei sozinha. Desejo sucesso, ética, moral e empenho aos que ficam e conto com vocês pra que, em abril, a gente faça uma festa bonita naquela que será minha última vez subindo no bloco pra buscar o melhor de mim e a gente angariar fundos para ONG infância livre.

Leia também:  Dom Bosco marca jogo para às 9h no domingo pela Copa FMF
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.