A operação Ararath que nos últimos meses tem sido o motivo de insônia para muitos políticos, empresários e agiotas, deve agora deixar sem dormir alguns proprietários de veículos de comunicação.

Segundo informações da Polícia Federal (PF) um grupo de empresários de comunicação serão intimados, em breve, a depor na sede da Polícia Federal. Segundo fontes da coluna Bastidores a PF quer saber como estes empresários conseguiram trocar as cartas de crédito emitidas pela Secretaria Estadual de Comunicação (Secom) junto ao Bic Banco entre os meses de julho a novembro de 2010.

Toda a transação realizada pelo Bic Banco, com anuência da Secom, atenderam a um pequeno grupo de empresários de comunicação no Mato Grosso. A operação para pagamento das cartas de créditos, teria que ter sido feita pela Secom, que deveria ter transferido a verba de mídia para o banco, que se tornaria a fonte pagadora, e, na sequência, retirar as certidões de crédito junto ao financeiro do Bic, mas segundo a informações os empréstimos foram quitados através de transferências ocultas feitas ao banco por um ex-poderoso secretário de Estado.

Leia também:  Zeca volta ao DEM e pode disputar em 2018

Ainda segundo informações extra oficiais já existe muito empresário “aliviando” a barra do ex-secretário em suas publicações com medo de uma possível delação premiada a Justiça.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.