Orquestra Jovem - Foto: assessoria
Orquestra Jovem – Foto: assessoria

Obras primas da música universal de Mozart, Mendelssohn, Schubert e Beethoven fazem parte do repertório de séries especiais para a temporada 2014 da Orquestra Sinfônica Jovem de Mato Grosso, do Instituto Ciranda, que será apresentado nesta terça-feira (25.02), com entrada gratuita, às 20h, no Cine Teatro Cuiabá.

Esta temporada terá a participação de grandes solistas convidados como o clarinetista Luis Afonso Montanha, o violoncelista Richard Gonçalves e o violinista Fernando Pereira. Também tocarão com a orquestra o saxofonista Jasson André, o contrabaixista Jhon Stuart e o trombonista Nemuew Wylk.

Em especial será realizado um concerto dedicado a Mozart, em que vários alunos do Instituto terão sua primeira experiência como solistas à frente de uma orquestra sinfônica, além da atuação dos jovens regentes Niger Ortega, Jessica Gubert e Abner Roa à frente da orquestra.

Leia também:  Fã derruba Simaria em palco e leva soco de Simone

A Orquestra Sinfônica Jovem de Mato Grosso é formada por alunos e professores do Instituto Ciranda Música e Cidadania, promovidos por meio da Secretaria de Estado de Cultura de Mato Grosso (SEC-MT), sob a regência do maestro Murilo Alves.

“Mais uma vez teremos um grande número de obras sinfônicas e de música de câmara permeando nossa temporada, obras primas da música universal criadas por grandes mestres como Mozart, Mendelssohn, Schubert e Beethoven que serão apresentadas em séries especiais de concertos, permitindo que cada jovem músico integrante da orquestra possa vivenciar com plenitude as etapas necessárias à sua formação” enfatiza Murilo Alves, maestro da Sinfônica Jovem.

Trajetória 

Criada em 2009 a Orquestra tem estabelecido uma intensa programação musical se apresentando em vários estados como São Paulo, Brasília e Rio de Janeiro. O Instituto somou forças à Orquestra Jovem que ao longo de sua existência continua realizando ações pedagógicas e acompanhando o crescimento de cada um dos integrantes.

Leia também:  Junnior Monteiro | "O maior incentivador do meu sonho de cantar foi o meu pai"

Segundo o maestro, o resultado musical alcançado pelo Instituto, que gerou a Orquestra Sinfônica Jovem de Mato Grosso é resultado de importantes parcerias que possibilitam o oferecimento de aulas de todos os instrumentos musicais de orquestra gratuitamente.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.