Pichações nas paredes - Foto: Varlei Cordova / AGORA MT
Pichações nas paredes – Foto: Varlei Cordova / AGORA MT

Funcionários da Prefeitura Municipal de Rondonópolis tiveram uma surpresa ao chegar na manhã desta quarta-feira (05) para trabalhar, isso porque o prédio foi alvo de ‘pichação’ na madrugada por vândalos que estão revoltados com a atual administração.

Entre as pichações estão frases repudiando o corte de funcionários e atraso salariais dos servidores contratados.

“Abandona vai explodir”, “Kd a verba”, “Corruptos Estamos em volunindo” eram algumas das frases escritas, que rapidamente foram apagadas por funcionários.

Os vândalos que assumiram o ato criminoso assinaram as pichações como GZC.

As câmeras de monitoramento em vídeo que poderiam ajudar nas investigações para identificar o ato de vandalismo, estão implantadas desde a gestão Ananias Filho (PR) e foram alvo de críticas à época ainda não foram reativadas. Apesar do Paço Municipal manter o Gabinete de Apoio a Segurança Pública e contar com guardas que fazem a segurança do prédio, nem o sistema de vigilância eletrônica nem os “guardinhas” viram a ação dos vândalos.

Leia também:  MST bloqueia trilhos de Ferrovia em Rondonópolis

Segundo o Secretário de Administração, Carlos Vanzeli (PDT), as câmeras de vigilância não gravam ações na área externa do prédio e os vigilantes também só atuam internamente.

Além das pichações, foram encontrados cartazes com uma charge que foi publicada no extinto Jornal de Hoje, em que o secretário Valdecir Feltrin, que irá assumir a Secretaria de Receita é chamado de xerife. De acordo com a a assessoria de comunicação da prefeitura a charge não tem ligação com os atos de vandalismo praticados na madrugada. Informações extra oficias afirmam que a charge seria uma forma bem humorada dos servidores da secretaria de receita em dar boas vindas à Feltrin.

Leia também:  Novos semáforos visam garantir mais segurança e melhor fluxo no trânsito
charge feltrin
Charge enviada por internauta – AGORA MT

MUDANÇAS

O ato de vandalismo praticado na madrugada acontece no momento em que a administração Percival Muniz (PPS) promove alterações importantes para enxugar a máquina pública e viabilizar financeiramente o seu funcionamento.

Não se sabe ainda se o protesto foi feito por funcionários insatisfeitos com as mudanças, com grupos políticos adversários do prefeito ou se legitimamente, apesar de criminosamente, por contribuintes que estariam indignados com a atual administração.

Funcionários rapidamente pintaram as escritas - Foto: Varlei Cordova /AGORA MT
Funcionários rapidamente pintaram as escritas – Foto: Varlei Cordova /AGORA MT
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.