A partir das 9h desta terça-feira (18) os representantes das empresas Claro e Vivos serão ouvidos pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Telefonia Móvel da Assembleia Legislativa.

Esta é a 1ª reunião onde a comissão ouvirá os representantes das empresas telefônicas no intuito de buscar soluções para sobre a péssima prestação dos serviços das operadoras em vários municípios.

O presidente da CPI, o deputado Ondanir Bortolini (PR), Nininho, acredita que depois das oitivas, a CPI terá informações suficientes para concluir o relatório. “Vamos cobrar dos órgãos competentes o cumprimento dos deveres das empresas com os cidadãos e até mesmo exigir a punição pelo não cumprimento desses compromissos. Está chegando a hora de provar para a população a que veio essa CPI”, reforça Nininho.

Leia também:  Estado aumenta valor dos repasses para fundos municipais de Saúde

A CPI já está chegando à fase final de acareação. Na próxima semana, dia 25/02 (terça-feira), serão ouvidos os representantes das operadoras Oi e Tim . No dia 26/02 (quarta-feira) será realizada uma reunião extraordinária para a oitiva com a Anatel.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.