Como forma de suprir o déficit de profissionais no mercado de trabalho o Sest Senat está desenvolvendo um novo projeto nacional com tema “Primeira Habilitação para o Transporte – Projeto de Inserção Profissional de Jovens de Baixa Renda” para fornecer, de maneira gratuita, a 1ª habilitação a 50 mil jovens em todo o Brasil.

O Sest Senat irá custear todos os procedimentos necessários para a obtenção da CNH (Carteira Nacional de Habilitação) categoria B.

De acordo com a diretora do Sest Senat do município de Rondonópolis, Claudia Maria Pedesto, o projeto tem como principal objetivo suprir a falta de profissionais qualificados no mercado de trabalho do setor de transporte.

Um dos requisitos cobrados para participar da seleção é ter mais de 18 anos, comprovar renda familiar de até três salários mínimos, saber ler e escrever, possuir RG ou documento equivalente, participar dos cursos de formação do Sest Senat e assinar um contrato de adesão, em que assume o compromisso de trabalhar no setor de transporte.

Leia também:  Caravana da Transformação deve realizar 10 mil consultas em Rondonópolis

Para os interessados mais informações estão disponíveis no site www.sestsenat.org.br.

Os beneficiários atendidos pelo projeto que não cumprirem as atividades previstas no contrato de adesão deverão ressarcir o valor, conforme as regras previstas no acordo.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.