Pronto Atendimento (PA) - Foto: Arquivo AGORA MT
Pronto Atendimento (PA) – Foto: Arquivo AGORA MT

O andarilho suspeito de matar um caminhoneiro e ferir outra pessoa foi preso ontem (25) pela Polícia Militar (PM). A elucidação do crime aconteceu em menos de 12h e para a surpresa de todos, a tentativa de homicídio e o homicídio aconteceram dentro do Pronto Atendimento (PA), em Rondonópolis.

Na ocasião relatada nesta terça-feira (25) pela equipe do Site AGORA MT, (Veja Aqui), as vítimas Luiz Carlos Dales Neves, 46 anos, e o caminhoneiro identificado apenas como Paulista foram esfaqueados durante uma tentativa de roubo. Em consequência as seis facadas, Paulista morreu horas depois de ser atendido e o andarilho que foi reconhecido como Michel do Lava Jato fugiu.

Conforme a PM, as rondas foram intensificadas e o andarilho foi encontrado próximo ao prédio da Uramb. Na verdade, Michel se chama Elkon Michel Pereira Lima, e ainda de acordo com os policiais ele teria tentado esconder o nome.

Leia também:  Após chutar policial, suspeito de furto a residência é preso

Durante a prisão, Elkon Michel estava com a mesma camiseta utilizada no momento da briga. A Polícia Judiciária Civil (PJC) já pediu as imagens do circuito interno da unidade para apurar mais detalhes, imagens já observadas pelos policiais militares que confirmaram o fato dentro da unidade de saúde.

Em depoimento, o suspeito apenas disse que cometeu o crime porque foi ameaçado pelas vítimas.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.