Com 12 votos favoráveis, dois contrários e sete abstenções a Câmara de vereadores de Várzea Grande aprovou na sessão de ontem (19) o pedido de investigação por quebra de decoro parlamentar contra o vereador Pery Taborelly (PV).

Taborelly será investigado pela Comissão de Ética da Câmara por ofender diretamente o vereador Pedro Tolares, o “Pedrinho” (SDD), em sessão realizada no final do ano passado.

A Comissão de Ética da Câmara é formada pelos vereadores Joãozito de Barros -DEM – (presidente), Chico Curvo – PSD – (vice-presidente), Miguel Baracat – PT -, Hilton Gusmão – PV – e Fábio Saad – PTC.

O vereador Maninho de Barros (PSD), que ocupa o cargo de primeiro-secretário da Casa, foi um dos principais interlocutores junto aos colegas de parlamento. Maninho é desafeto declarado de Taborelly, além disso, o prefeito Wallace Guimarães (PMDB), detém a maioria na Câmara e também é entusiasta da cassação de Taborelly que é um dos principais líderes da oposição a gestão de Guimarães.

Leia também:  Secretário do prefeito de Pedra Preta é condenado pelo TCE
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.