Foto: assessoria
Foto: assessoria

A fim de conhecer os reais problemas do ensino em Rondonópolis, o presidente Ibrahim Zaher (PSD) e uma comitiva formada pelos vereadores Cláudio da Farmácia (PMDB), Adonias Fernandes (PMDB), Cido Silva (PP), Olimpio Alvis (PR), Elton Mazzet (PSC), e representante do vereador Jailton do Pesque e Pague (PDT), visitaram hoje duas escolas municipais na região do Parque Universitário.

A primeira escola foi a 1º de Maio, no Parque Universitário, que atende em média 430 alunos da educação infantil. A comitiva foi recepcionada pela diretora da escola, Edimaria Xavier, que apresentou aos vereadores algumas necessidades básicas de urgência, como troca de fiação elétrica, pintura, biblioteca adequada, instalar cerca no parque, melhorar o calçamento, refeitório e manutenção dos ventiladores.

“Uma das nossas necessidades é a construção da quadra poliesportiva. A secretária Ana Carla Muniz assumiu o compromisso que esse ano ela será construída. Porém temos outras necessidades como a troca de telhado na sala de computação. Necessitamos de mais salas de aula devido a demanda de alunos, sala de apoio pedagógico, e cerca elétrica ao redor da escola devido a entrada de diversos marginais que praticam furtos na escola ” disse a diretora.

Leia também:  Câmara Municipal discute PPA com a população nesta quinta (22)

“A situação da escola é complicada, pois ela possui alguns ar-condicionados que ainda não foram instalados por falta de fiação. Temos o problema da merenda escolar também, que segundo a diretora chega atrasada e de má qualidade” ressaltou Ibrahim.

Os vereadores tiveram contato com os alunos e eles ouviram diversos pedidos das crianças. “Estou impressionado com os alunos, sabem de todos os problemas da escola. Apresentaram-nos um a um de forma clara e coerente. Isso mostra a qualidade do ensino, e o que essa escola passa de bom a essas crianças”, observou o vereador Cido Silva.

A segunda escola visitada foi a Firmício Alves Barreto, na Vila Olinda I. Os problemas apresentados foram semelhantes à escola anterior. Segundo a diretora, Gislaine Silva, a escola necessita de cortinas para as salas de aula, reforma dos banheiros, computadores novos, armários, mesas e cadeiras para os professores na sala de aula, almoxarifado para guardar material esportivo entre outras necessidades.

Leia também:  Projeto de Zaeli que oferece certidão online ao cidadão é sancionado pelo prefeito

“Estamos sem a manutenção dos ar-condicionados, a Secretaria de Educação até nos mandou uma empresa para a realização do serviço, porém eles vieram aqui no começo do ano e nunca mais voltaram. Agradeço a vinda dos vereadores, assim eles conheceram a real necessidade de nossa escola, e esperamos que na medida do possível consigam junto à secretaria essas reivindicações. Pois melhorando a estrutura física da escola, também se melhora a qualidade de ensino.” relatou a diretora.

Os vereadores se comprometeram em levar as reivindicações da escola. “Parabenizo os alunos e professores das duas escolas pelo bom trabalho, as necessidades de cada escola foram anotadas, e um documento em nome de todos os vereadores solicitando as melhorias será enviado a Secretaria Municipal de Educação. Acredito que diversos problemas emergenciais devam ser atendidos rapidamente”, resumiu Ibrahim Zaher.

Leia também:  Iniciam as obras de recuperação de bairros da região Salmen
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.