É importante fazer alinhamento e balanceamento nos pneus - Foto: Varlei Cordova / AGORA MT
É importante fazer alinhamento e balanceamento nos pneus – Foto: Varlei Cordova / AGORA MT

Alguns motoristas esquecem que os pneus do carro precisam de cuidados assim como as outras partes do automóvel. Como as demais peças, ele é importante para a rodagem do veículo e a segurança dos passageiros.

Um dos princípios básicos é sempre lembrar de calibrar os pneus semanalmente, caso contrário, é certo que a vida do equipamento será encurtada, isso vale para os motoristas que só se lembram de verificar a calibragem quando vão viajar. O mal funcionamento dos pneus influência no estrago de outras peças, como na suspensão por exemplo.

Muitos leram o parágrafo acima e já pensaram, “Calibro os meus pneus regularmente, sou cuidadoso”. Até aí, tudo bem, mas é preciso calibrar os pneus na quantia recomendada pelo fabricante do produto (informado no próprio pneus), pois esta é outra forma de desgastar rapidamente a parte central da banda de rodagem. Pneus murchos deixam a direção mais pesada e pneus cheios de mais estão mais propícios a estourarem com quinas.

Leia também:  Prefeitura conquista área de escola e negocia outras duas para creche e espaço de lazer

Além dos pneus, o motorista tem que ser cauteloso e atencioso no trânsito em geral. Apesar de estar complicado em Rondonópolis, dirigir catando todos os buracos e passando por cima de objetos cortantes é certo que os pneus sairão dessa história bem danificados, deformados ou tendo rasgos nas bandas laterais ou de rodagem. Também na hora de estacionar, todo cuidado é pouco, prensar o pneu contra o meio fio quando estaciona em uma descida é outra forma de afetar a estrutura e até mesmo contribuir para esvaziar o pneu.

Outras situações que detonam os pneus são: fazer curvas em altas velocidades, dar freadas bruscas, dar as famosas “cantadas” de pneus, além de sobrecarregar o carro com frequência, ultrapassando o limite de carga recomendado pelo fabricante. Também é importante fazer um rodízio dos pneus e por último e não menos importante, o motorista deve fazer a cada cinco mil quilômetros o balanceamento das rodas e o alinhamento da direção.

Leia também:  Produção brasileira de grãos deverá crescer 21,5% em 10 anos, estima ministério
Leitura dos pneus  - Foto: G1 CARROS
Leitura dos pneus – Foto: G1 CARROS
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.