Uma semana após o jogador Falcão anunciar que não defenderá mais a seleção brasileira e fazer duras críticas à gestão da Confederação Brasileira de Futsal (CBFS), a entidade emitiu uma nota oficial de esclarecimento. Em suas críticas, o jogador comparou práticas da confederação com uma ”ditadura”, algo que o comunicado questiona com veemência, afirmando que existe participação de atletas nos colegiados de direção e na eleição para cargos.

– Ao asseverar que a CBFS ‘virou uma ditadura’ o atleta demonstra que ainda não tomou conhecimento de alteração estatutária aprovada pela unanimidade da Assembleia Geral, onde, no art. 1º-A, ficou grafado que a entidade se rege ‘por princípios definidores da gestão democrática’. E mais, assegurou-se no seu inciso VI a ‘participação de atletas nos colegiados de direção e na eleição para os cargos da CBFS’. Assim, além deste canal oficial, a entidade está, como sempre esteve, aberta às críticas e sugestões construtivas de todos os seus segmentos, inclusive atletas, para concretizar uma administração com efetivas práticas de Governança Corporativa – afirmou e entidade, em nota.

Leia também:  Diretoria do União decide manter 15 jogadores que disputaram a Série D

A entidade citou diversas conquistas de Falcão pela seleção brasileira e declarou que dizer que o futsal do Brasil “andou 20 anos para trás” é “esquecer a história vitoriosa”, com sete títulos mundiais masculinos em dez disputados, quatro femininos heptacampeão masculino (em 10 títulos disputados), nem de tetracampeão mundial feminino, fora os Sul-Americanos, Pan-Americanos, de Grand Prix, de Mundialitos e de torneios internacionais, muitos dos quais o próprio atleta ajudou a conquistar.

Além disso, para rebater a declaração de Falcão de que as críticas seriam “pensando na geração que está vindo e na sequência do futsal”, a confederação lembrou que há 27 competições nacionais de seleções e de clubes nas categorias sub-15, sub-17, sub-20 e adulto, fora os projetos de inclusão social de comunidades carentes em escolinhas de futsal.

Leia também:  Academia e União vão disputar o Estadual Sub-17
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.