Estimular a valorização das artes plásticas e do grafite dos artistas mato-grossenses que promovem a revitalização visual e o embelezamento dos pilares de concretos que estruturam as trincheiras e viadutos em Cuiabá e Várzea Grande, é o que propõe a indicação da deputada Teté Bezerra (PMDB).

Durante sua explanação, na sessão ordinária da última quarta-feira (12), na Casa de Leis, a parlamentar lembrou que em 1975 o artista plástico Humberto Espíndola, foi o precursor em inaugurar a técnica de ampliar e transportar nas artes visuais sua obra nas paredes do Palácio Paiaguás, embelezando a sede do Governo do Estado.

Outro exemplo foi o conjunto de obras de vários artistas consolidados na cultura mato-grossense, que invadiram os viadutos, postes, muros e prédios nas principais avenidas, transformando obras em arte em concreto frio das construções e até em ônibus coletivos de Cuiabá.

Leia também:  João Mototáxi protocola pedidos de estudos econômicos para a realização de obras na cidade

A mesma proposta segundo a deputada deve se abrir para o grafite que começa a se despontar com mais evidencia a partir de 2000. “Vamos reunir todos esses talentos das artes plásticas e do grafite para melhorar a imagem tantos nós moradores quanto para os turistas que para cá vierem. A cidade vai ficar alegre, bonita e mais rica em cultura”, destaca Teté.

A indicação foi encaminhada a secretária de Estado e Cultura Janete Riva, o governador Silva Barbosa, secretário da Casa Civil, Pedro Nadaf, para providencia.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.