Foto: assessoria
Foto: assessoria

 

O senador Pedro Taques (PDT) participou hoje (24.03), em Tangará da Serra, da abertura do Estradeiro Aprosoja pela BR-174. Ele reiterou as críticas ao desvio de recursos do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab) pelo governo de Mato Grosso e falou sobre temas fundamentais para o setor produtivo do estado.

A comitiva formada por representantes da Aprosoja, Famato, Imea e Movimento Pró-Logística percorre as principais rotas de escoamento da produção do Estado com objetivo de ver as condições das estradas e sensibilizar a iniciativa privada, sociedade civil e poder público sobre as condições de infraestrutura de Mato Grosso.

Para Pedro Taques, além de um projeto estratégico de logística envolvendo rodovias, hidrovias e ferrovias, ainda é preciso investimento em formação de mão de obra qualificada, segurança jurídica para os produtores e também mais eficiência do Estado. “Recebo informações de produtores que demoram mais de três anos para conseguir retirar uma licença ambiental na Sema. Infelizmente, o estado hoje atrapalha o setor produtivo, quando deveria ajudar”, disse o senador.

Leia também:  Grupo defende permanência de Juary na liderança do prefeito

Um dos grandes debates do setor produtivo é o desvio de recursos do Fethab, o imposto cobrado no transporte de toda produção agrícola e pecuária do estado e que tem por objetivo financiar estradas e projetos de habitação. “Estão colocando parte deste recurso nas obras da Copa e não estão priorizando investimento nas estradas de Mato Grosso. Investir nas estradas fortalece o nosso setor produtivo, trazendo benefícios também ao cidadão dos municípios do interior, pois o asfalto também leva qualidade de vida”.

Apesar de todo o Brasil necessitar de plano estratégico de desenvolvimento para a área logística, para o senador Pedro Taques, Mato Grosso ainda está atrasado em relação a outros estados. “O estado não consegue tirar políticas públicas do papel, ele precisa cumprir as promessas. Por exemplo, prometeram asfaltar 2.600 km de estradas estaduais, o que não foi concretizado”.

Leia também:  Câmara discutirá Lei de Diretrizes Orçamentárias em Audiência Pública nesta terça (15)

Estradeiro Aprosoja – Pedro Taques participou da largada do estradeiro Aprosoja pela BR-174. O senador recebeu o convite da comitiva para estar presente na saída do percurso, em Tangará da Serra, e mostrar suas ideias e projetos para o setor. “Sei da importância do agronegócio para Mato Grosso e, por isso, desde meu primeiro ano de mandato tenho acompanhado e auxiliado nas ações deste segmento”.

A comitiva segue até o dia 28 de março percorrendo a BR-174 na região oeste e nortão, passando pelas cidades de Tangará da Serra, Campos de Júlio, Comodoro, Juína, Juruena, Nova Bandeirantes, Juara e Brasnorte. Na programação, serão realizados Simpósios para discutir mais de perto e ouvir as necessidades dos produtores e da comunidade.

Leia também:  Câmara dos Deputados deve votar criação da Federal de Rondonópolis em agosto

Diretor-executivo do Movimento Pró-Logística, Edon Vaz Ferreira, agradeceu a disponibilidade do senador em ouvir as demandas da classe e disse que irá continuar remetendo a Pedro Taques os relatórios sobre logística para apoio nas cobranças e ações no Congresso Nacional.

Advertisements
COMPARTILHAR
Artigo anteriorOs vencedores
Próximo artigoFim do namoro

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.