Marina (Tainá Müller) e Clara (Giovanna Antonelli) não conseguem mais disfarçar a atração que têm uma pela outra. Achando ser possível esquecer ou diminuir o amor que sentem, elas resolveram dar um tempo. Mas quem disse que seria fácil? Ou que uma delas conseguiria? Pois é! Não aguentando mais a saudade de Clara, a fotógrafa resolve ir até a casa da amada.
Clara está no hall de entrada do prédio quando cruza em direção ao elevador e escuta seu nome: “Clarinha!”. Ela para não acreditando e reconhecendo a voz que a chama. A dona de casa se vira, e as duas ficam um tempo se olhando, ambas com sorrisos nos lábios e olhos penetrantes. Elas se abraçam com ardor e felicidade.

Leia também:  O Rico e Lázaro | Naomi recusa o pedido de casamento de Abednego

No apartamento, em tom de brincadeira, uma culpa a outra pelo afastamento. Clara tenta jogar a culpa no celular, mas Marina abre o jogo. “Clara, você não sabe mentir. É uma das suas qualidades, é transparente. Foi por essa transparência que eu também me encantei logo que nos conhecemos”, diz a fotógrafa, mostrando que quer a verdade.

Clara acaba assumindo que não quis atender os telefonemas da amiga, mas diz que teve vontade de ligar e sofreu durante esse tempo todo. É quando Marina fala abertamente: “Estou amando você!”. No auge do clima entre as duas, Ivan (Vitor Figueiredo) aparece correndo como um furacão e atrapalha as duas e, logo que o garoto vai embora, Cadu (Reynaldo Gianecchini) chega para interromper de vez as amigas. Climão!

Leia também:  Resumo de novelas desta sexta-feira (25)
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.