Nicodemos e Ederson, ambos presos no início deste sábado - Foto: Divulgação PM com montagem AGORA MT
Nicodemos e Ederson, ambos presos no início deste sábado – Foto: Divulgação PM com montagem AGORA MT

A Polícia Militar (PM) de Rondonópolis, companhia Salmen e Vila Aurora prenderam no início da tarde deste sábado (22), dois homens suspeitos de terem assassinado o jovem Israel Spindola, morto na noite ontem (21) no quintal da própria casa. (Detalhes e foto aqui). A prisão dos suspeitos aconteceu menos de 24h do crime. Com eles os policiais apreenderam cerca de R$ 1,2 mil em dinheiro, celulares, drogas, armas e munições.

De acordo com a PM, uma denúncia anônima levou a guarnição até o local, uma casa localizada no Parque Universitário, em Rondonópolis. Foi feito um cerco e quatro pessoas foram presas.

Os envolvidos foram identificados como Nicodemos Moreira dos Reis Neto, 25 anos, vulgo Neto, Ederson Oliveira Rocha da Silva, 31 anos e duas menores, uma de 14 e outra de 16.

Leia também:  Acidente entre caminhão e caminhonete deixa duas vítima fatas na BR-163

Conforme a PM Nicodemos é suspeito de ser o autor do homicídio e Ederson teria dado apoio, porém eles negam participação no crime. Ainda ontem em um primeiro momento foi dito pela polícia que o suspeito seria o vulgo Menzão, tese descartada pelas investigações.

Os policiais encontraram dentro da casa dois revolveres calibre 38, 24 munições, seis celulares, 400g de maconha, uma balança de precisão, 15 porções de pasta base de cocaína e outros utensílios.

Todos estão detidos na 1ª Delegacia de Polícia. Nicodemos e Ederson serão indiciados por homicídio doloso, porte ilegal de arma de fogo, tráfico de entorpecente e corrupção de menores.

Material apreendido na casa - Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT
Material apreendido na casa – Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.