Entre os meses de abril e maio, o Fórum Agro MT irá percorrer 20 municípios do Estado para fazer um levantamento das demandas dos produtores rurais e sociedade para apresentá-las aos futuros candidatos ao pleito eleitoral de 2014. O projeto, denominado Pensar MT, tem o objetivo de fazer com que os próximos gestores públicos, independentemente de quem sejam, se comprometam com as necessidades e sugestões de melhorias para o desenvolvimento socioeconômico de Mato Grosso.

A pesquisa será dividida em três etapas. A primeira é qualitativa e individual, com opiniões de 50 lideranças do Estado. A segunda fase será um estudo quantitativo feito com aproximadamente duas mil pessoas nos 20 municípios visitados. Nos debates durante a rodada no interior, haverá um facilitador para coletar e organizar as informações. Na terceira etapa, serão feitas análises e a elaboração das propostas técnicas da agenda positiva. Parte da pesquisa será conduzida pela Fundação Dom Cabral (FDC).

Leia também:  Parque Tecnológico será construído em 2018

A formação da agenda positiva será baseada em dez temas principais: modelo de gestão de Mato Grosso; fundiário; logística; trabalhista; capacitação; pesquisa, tecnologia e inovação; política de atração de investimento; sanidade animal e vegetal; ambiental e crédito, comercialização e financiamento.

O Fórum Agro MT é formado pela Famato, Aprosoja, Acrimat, Ampa, Aprosmat e Acrismat. Essas entidades estão comprometidas com o desenvolvimento de Mato Grosso e do Brasil e buscam soluções para fortalecer o maior segmento socioeconômico de Mato Grosso.

Programação das visitas: Alta Floresta (01/04); Colíder (02/04); Marcelândia (03/04); Juína (08/04); Juara (09/04); Campo Novo do Parecis (10/04); Tangará da Serra (11/04); Pontes e Lacerda (22/04); Cáceres (23/04); Cuiabá (24/04); Alto Araguaia (06/05); Rondonópolis (07/05); Primavera do Leste (08/05); Sinop (13/05); Sorriso (14/05); Lucas do Rio Verde (15/05); Nova Mutum (16/05); Confresa (20/05); Querência (21/05); Canarana (22/05) e Barra do Garças (23/05).

Leia também:  Professor de MT é finalista de premiação nacional

Mais informações pelo telefone (65) 3928-4555 ou pelo e-mail [email protected]

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.