Mais um grande nome da história da natação está enfrentando sérios problemas desde que se despediu das piscinas. Além de Ian Thorpe, que no mês passado foi internado para tratar de depressão e alcoolismo, agora foi a vez de Grent Hackett ser levado a um hospital para se reabilitar da possível dependência de medicamento para dormir. O bicampeão olímpico australiano, de 33 anos, foi flagrado desorientado no último sábado, em Melbourne. As informações são do jornal australiano “Herald Sun”.

A família do ex-nadador decidiu interná-lo depois dele ter sido encontrado vagando pelo cassino de um hotel em Melbourne seminu, enrolado apenas em uma camisola presa na cintura, aparentemente desorientado, procurando pelo filho de quatro anos. O pai do bicampeão olímpico dos 1.500m e campeão olímpico no 4x200m afirmou que ele está recebendo tratamento em um hospital nos Estados Unidos.

Leia também:  Brasil dá show em Cuiabá e avança no Grand Prix

Embora tenha concordado com a internação para se recuperar da dependência química de remédios contra a insônia, Hackett explicou ter saído rápido do seu quarto no hotel quando percebeu que ele tinha desaparecido.

Esta não foi a primeira vez, porém, que o ex-nadador tem seu nome envolvido em confusões. Em 2011, ele destruiu sua mansão em Melbourne, provavelmente em decorrência do uso excessivo de álcool.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.