O prefeito Mauro Mendes disse que o lançamento do projeto do senador Pedro Taques ao governo de Mato Grosso foi adiado até a primeira quinzena de abril. Mendes havia anunciado antes que a pré-campanha seria lançada até 31 de março.

O grupo preferiu deixar para depois para estreitar as negociações com os partidos políticos, dentre eles o PP, de Eraí Maggi. O empresário já foi convidado para compor a chapa majoritária com Taques, mas prefere esperar o aval do partido e do primo, o senador Blairo Maggi.

Eles ainda mantém a esperança de trazer o PR de Blairo para compor, com a indicação de Wellington Fagundes para senador. O problema é esbarrar nas pretensões do DEM, que não abre mão da reeleição de Jayme Campos ao cargo.

Leia também:  Marcy responde de forma interina pelo Gcom
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.