O prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (PSB), se licenciou por 10 dias do cargo para realizar o transplante de rim. Ele vai doar o órgão à esposa, Virgínia Mendes, na cirurgia marcada para sexta-feira (28), no Hospital Albert Einstein, em São Paulo.

Como o presidente da Câmara de Cuiabá, Júlio Pinheiro (PTB) está em licença de saúde, o procurador-geral do município, Rogério Gallo, tomou posse nesta quinta-feira (27) como prefeito interino. Ele deve ficar no comando do município até 5 de abril. Mendes retorna a tempo das festividades do aniversário de Cuiabá, celebrado em 8 de abril.

“O prefeito Mauro Mendes nos deu a diretriz dos trabalhos que devem ser levados adiante. É uma honra assumir este cargo e vamos enfrentar os desafios que aparecerem, sem deixar de ouvir a população, entidades e instituições que a representam”, disse o procurador.

Leia também:  Base de Pátio se rebela, deixa reunião e gera protestos

Pelo Facebook, a primeira-dama de Cuiabá agradeceu ao marido pelo ato extremo de amor “Ao longo de mais de 20 anos ao lado do Mauro, mais uma vez ele demonstrou o Verdadeiro Amor por mim, comprovando ser o homem da minha vida, a minha alma gêmea”.

Virgínia também reconheceu a mão de Deus para a compatibilidade dos órgãos para o transplante. “Agora é público que será o doador do rim pra mim. Desde que iniciamos essa jornada juntos ele foi o primeiro a se candidatar aos testes de compatibilidade, e pela vontade de Deus, pois acredito fielmente que ELE agiu nesse momento, deu positivo o resultado e agora nos preparamos para a cirurgia e tenho certeza de que Deus guiará as mãos dos médicos”, disse.

Leia também:  Thiago Muniz cobra novamente prolongamento da avenida Otaviano Muniz e início do Parque da Seriema
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.