Muitos torcedores que deixaram o circuito de Albert Park no domingo felizes com o mágico segundo lugar de Daniel Ricciardo, ficaram decepcionados ao acordarem nesta segunda-feira. A meia-noite locais, mais de cinco horas após o fim da prova, a FIA anunciou a desclassificação do piloto em razão de irregularidades no fluxo de combustível de sua RBR. A notícia foi um grande baque para os australianos, que festejaram muito com seu novo xodó o que seria o primeiro pódio de um piloto do país em uma corrida em casa.

O “Herald Sun”, principal jornal do país, sintetizou o misto de decepção e revolta: “Grande Farsa”, estampou em sua capa. “Daniel Ricciardo foi sensacionalmente destituído de seu histórico segundo lugar no GP da Austrália”, continuou. Nas ruas, o desapontamento era evidente nas palavras dos torcedores: “Foi uma grande festa, uma pena ter acontecido isso. Dan foi fantástico”, disse o vendedor de roupas Sam Patterson. Já a recepcionista Kayla Bladin viu o lado positivo e mostrou o orgulho com a atuação destacada do piloto da casa:

Leia também:  União aposta em Ricardo para bater o Cuiabá

“Independentemente da punição, a festa foi inesquecível. Muito obrigado, Dan”.

Ricciardo só terá outra chance de subir ao pódio em casa no ano que vem. Mas daqui a duas semanas, o piloto volta à pista para o GP da Malásia, com transmissão ao vivo da TV Globo.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.