O gol salvador da vitória do Atlético-MG, marcado por Neto Berola, não foi por acaso. Mas sim fruto de muito treinamento do atacante na Cidade do Galo. É o que explicou o jogador, após sair como herói no triunfo sobre o Independiente Santa Fé por 2 a 1. Berola ainda disse que, apesar de estar sempre sendo citado em possíveis negociações, quer permanecer no clube alvinegro e dedicou o triunfo alvinegro ao técnico Paulo Autuori, ainda sob desconfiança do torcedor.

– Sobrou ali, fui feliz em concluir e fazer o gol. Mas o mais importante foi a vitória da equipe. Libertadores é raça, é vontade. O Autuori merecia essa vitória, pois tem sido criticado injustamente. Sempre treino bicicleta e voleio nos treinamentos, as finalizações, e deu certo e pude marcar o gol.

Leia também:  Brasileira leva ouro em natação e se torna a 1° campeã mundial do país

Berola considerou que o gol marcado é uma resposta para aqueles que sempre o colocam como moeda de troca do Atlético-MG.

– Eu sempre quis seguir aqui no Atlético. No ano passado eu acho que fui negociado com umas 20 equipes. Estou muito bem adaptado aqui, o meu desejo é ficar. Estava precisando de um gol. O professor sempre vinha conversando comigo para eu buscar o gol

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.