O Papa Francisco se deslocará neste domingo (8) em ônibus à cidade de Ariccia, nos arredores de Roma, junto com os cardeais e os bispos da cúria para realizar juntos uma semana de exercícios espirituais.

A semana de exercícios espirituais é tradicional durante o período de Quaresma, mas a novidade introduzida por Francisco é a de sair do Vaticano para vivê-los de maneira mais intensa.

Na última entrevista ao jornal “Corriere della Sera”, o Papa argentino antecipou que decidiu realizar os exercícios fora do Vaticano já que antes na Cúria “se realizavam as orações, mas depois alguns continuavam trabalhando” e, portanto, não eram vividas intensamente.

“A escolha de um lugar reservado e silencioso e afastado do posto habitual de trabalho, segundo informa a Secretaria de Estado, permitirá dedicar-se com maior recolhimento aos exercícios espirituais”, informou um comunicado do Vaticano.

Leia também:  Cientistas criam método que detecta uso de cocaína pela impressão digital

Os exercícios espirituais, a cargo do sacerdote Angelo De Donatis, pároco da igreja de São Marco Evangelista, acontecerão na residência Casa do Divino Mestre, perto do lago de Albano e rodeado de florestas, e tratarão o tema da purificação do coração.

A semana de exercícios, durante a qual o papa suspenderá todas suas atividades, terminará na sexta-feira, 14 de março, depois da meditação da manhã e então o papa voltará ao Vaticano.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.