O consumidor e os pecuaristas mato-grossense passaram um momento raro em termos de economia em relação ao preço do arroba do boi no mês de fevereiro, isso porque os preços da carne bovina ficaram mais baratos. As informações foram divulgadas pelo Boletim Semanal de Análise – Bovinocultura do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea).

De acordo com a pesquisa isso é possível porque de todos os elos da cadeia da bovinocultura de corte (preço ao produtor, atacado e varejo), o varejo cuiabano foi o único que passou por ajustes negativos nos preços nominais, enquanto os demais variam acima da inflação.

Um fato importante para os preços ao consumidor segundo a análise, foi à desoneração dos impostos federais da cesta básica e da carne bovina, que vem mantendo os valores em patamares mais baixos. Assim, em fevereiro/14, o momento chegou a ser raro na cadeia da bovinocultura de corte, pois, mesmo com os preços mais elevados e remuneradores ao produtor e os aumentos no atacado, o preço real dos cortes cárneos está mais barato aos consumidores.

Leia também:  Confira as vagas de emprego desta segunda (14/08/17) em Rondonópolis
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.