Os policiais aproveitaram a oportunidade para compartilhar a preocupação com os passageiros - Foto: SinpfeMT
Os policiais aproveitaram a oportunidade para compartilhar a preocupação com os passageiros – Foto: SinpfeMT

Mais de dez Policiais Federais de Rondonópolis paralisaram suas atividades e protestaram no aeroporto Maestro Marinho Franco, em Rondonópolis. A mobilização da categoria é feita hoje em todo o Brasil. A intenção do grupo é mostrar para a população a insatisfação dos servidores perante as condições de trabalho.

De acordo com integrantes do Sindicato dos Policiais Federais em Mato Grosso (Snpef/MT), a pauta de reivindicação é focada na valorização profissional e estrutural.

“Os moldes de trabalho ainda são arcaicos, é preciso uma aproximação da polícia com o Ministério Público. O sistema tem que deixar de ser burocrático e ser mais dinâmico com rapidez, além disso, nosso salário está estagnado há anos”, lamenta um dos servidores.

Leia também:  Sanear está com 14 grandes obras em andamento na cidade

Os agentes caminharam pelo terminal aéreo vestindo camisas pretas com o alerta: “Sos Polícia Federal”, entregando panfletos a passageiros que em uma breve palestra ouviram as reivindicações da categoria.

Ainda segundo membros do sindicato, a classe foi atendida pelo Governo, porém a proposta oferecida foi pior que a inicial. Durante a semana acontecerão outros manifestos em todo o País e não está descartada a possibilidade de greve.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.