Roberto é fotografado por Pms para facilitar a identificação de possíveis vítimas - Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT
Roberto é fotografado por PMs para facilitar a identificação de possíveis vítimas – Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT

Moradores do bairro Azaleia prenderam na manhã desta quinta-feira (06) Roberto da Costa Silva, 23 anos, que segundo uma dezena de testemunhas ele seria o “Tarado da Moto Vermelha”.

Segundo moradores e a própria Polícia Militar (PM) um homem com as mesmas características do suspeito preso hoje já era procurado pela PM há mais de 30 dias, por praticar atos obscenos na frente de mulheres e crianças dos bairros Jardim Azaleia, Parque Sagrada Família e Parque São Jorge, em Rondonópolis.

Mas na manhã de hoje a ‘casa’ do suspeito caiu e ele ainda foi pego praticando gestos obscenos, segundo um dos homens que o prendeu e amarrou a um poste, “Não temos dúvidas de que é ele, até o chinelo eu consigo reconhecer”, declarou uma das vítimas.

Leia também:  Bimotor que voava sem autorização é interceptado com meia tonelada de cocaína

O elemento que deve comprovar definitivamente Roberto como sendo o “Tarado da Moto Vermelha” é uma filmagem feita no dia quatro do mês passado por uma câmera de circuito interno da casa de duas menores que foram vítimas do possível ataque do suspeito. “Dá pra ver claramente ele chegando de moto, descendo e tirando o pênis para fora” relatou o pai de duas meninas, uma de dez e outra de oito anos que foram vítimas do suspeito enquanto brincavam na porta de casa.

Na 1ª Delegacia de Polícia, era possível contar cinco mulheres e algumas crianças que afirmaram ser Roberto o “Tarado da Moto Vermelha” após passarem pelo processo de reconhecimento. Apesar do grande número de vítimas que reconheceram Roberto como o suspeito, ele afirmou a reportagem que as acusações não tem procedência, “Eu não fiz isso, eu estava no bairro apenas para vender um serviço de dedetização, quando eu parei para mijar e um homem me pegou dizendo que eu era o tarado, eu não fiz isso”, alegou. O caso agora será investigado pela Polícia Judiciária Civil.

Leia também:  Colisão entre carro e moto deixa vítima gravemente ferida no anel viário
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.