Em reunião na casa do ex-deputado federal Pedro Henry, os membros do PP definiram que vão continuar na base aliada, contrariando as expectativas do grupo do Mato Grosso Muito Mais que espera cooptar o partido, que atualmente não detém comando de nenhuma secretaria estadual.

Após a saída de Pedro Henry do comando da Secretaria Estadual de Saúde (SES), Mauri Rodrigues ficou no comando da pasta, mas não sob indicação do partido. O presidente do partido, Ezequiel Fonseca, e o deputado estadual Antônio Azambuja pediram a “cabeça” do secretário reiteradas vezes.

Teoricamente o PP entregou cargos que detinha no governo estadual, mas na prática, os deputados mantém indicados seus na Secretaria de Saúde e Esportes e Lazer. O secretário adjunto de Esportes e Lazer, José Guaresqui, é um progressista e amigo pessoal de Pedro Henry.

Leia também:  Muito trabalho pela frente

O PP já esteve reunido com a oposição ao governo, mas pelo andar das negociações deve se manter ao lado do grupo que governa o Estado desde 2003.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.