Um dos principais problemas do bairro Sagrada Família é a especulação imobiliária. A região é uma das maiores de Rondonópolis com cerca de cinco mil lotes, porém metade está abandonado.

No mês passado, a equipe de reportagem do Site AGORA MT, foi até o residencial que é cortado pela MT-270. O lado mais habitado (Acompanhe Aqui) está esquecido pelo Poder Público, não tem asfalto, esgoto, posto de saúde ou creche e o outro lado não é muito diferente.

Confira na reportagem abaixo a outra parte do residencial:

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=m9n3MTWsRsE[/youtube]

PREFEITURA

Em contato com a assessoria do Paço Municipal, a reportagem foi informada que exite estudo e projetos voltados para aquela região, porém não há nada garantido ou previsto para ser feito de imediato. Ainda conforme a assessoria, antes de ser feito asfalto, é preciso fazer drenagem no solo.

Leia também:  Dia da Liberdade de Impostos será marcado pela venda de etanol mais barato

Quanto aos terrenos sujos, a assessoria disse que existe fiscalização e que os agentes multa os proprietários. A prefeitura não pode limpar os terrenos. O contribuinte pode encaminhar denúncias para a administração, por meio do canal ‘Ouvidoria” no site da Prefeitura.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.