O número de reclamações recebidas no órgão referente ao ano de 2013.   Foto Varlei Cordova/AGORAMT
O número de reclamações recebidas no órgão referente ao ano de 2013. Foto Varlei Cordova/AGORAMT

O coordenador do Procon, Juca lemos divulgou na tarde desta segunda-feira (17), o número de reclamações recebidas no órgão referente ao ano de 2013. O relatório  é obrigatório e os números farão parte de um Cadastro Nacional.

De acordo com Juca, durante todo o ano passado, dos quase 7 mil atendimentos 2.465 se tornaram reclamações. Isso porque em alguns casos o problema era resolvido rapidamente pela empresa.

A lista dos fornecedores com reclamações e os setores que mais geram problemas serão disponibilizadas no link do Procon que fica no site da Prefeitura de Rondonópolis.

Juca afirmou ainda que esta lista tem como objetivo orientar os consumidores a procurar empresas que não estejam no ranking de reclamação. E por outro lado os fornecedores que estejam neste cadastro de reclamações busquem melhorar o atendimento e consertar as falhas.

Leia também:  Por determinação contratual, serviço tem novas tarifas

Os dados mostraram inda que apenas duas lojas em Rondonópolis estão com a ‘ficha limpa’ e não receberam nenhuma notificação em 2013 sendo elas, Palácio dos Móveis e Tubarão dos tecidos.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.