Marcus tampa o rosto - Foto: Plantao de Policia JTI com montagem AGORAMT
Marcus tampa o rosto – Foto: Plantão de Policia JTI com montagem AGORAMT

Foragido há quase três meses, o professor de Educação Física Marcus Moraes Macedo, acusado de desfigurar o rosto ex-companheira com uma tesoura na madrugada do ano novo em Pedra Preta, foi preso na noite de ontem (18) em Jataí, Estado de Goiás.

A prisão de Marcus aconteceu após a Polícia Militar (PM) local ter recebido uma informação de que ele teria cometido um crime contra sua ex-mulher e estaria em um clube na cidade. Inclusive no telefonema o informante relatou as características e a roupa que o suspeito estava vestido.

De camiseta, bermuda e chinelo, o professor Marcus Macedo foi preso por cumprimento de mandado e encaminhado a Delegacia de Polícia local.

ENTENDA O CASO

Leia também:  Vítima persegue assaltante e Força Tática o prende minutos após ação

A vítima Creiniane Macedo foi brutalmente agredida e teve o rosto desfigurado por uma tesoura. O caso aconteceu na madrugada do ano novo, em um sítio próximo ao município de Pedra Preta. O suspeito de cometer a brutalidade é o professor de Educação Física, Marcus Moraes Macedo, ex-companheiro da vítima.

Para a reportagem do Site AGORA MT, Creiniane disse que foi casada com Marcus quatro anos e que há um mês estava separada, porém moravam ainda na mesma residência. Ele teria chegado na madrugada, agarrado a jovem e cortado o cabelo e o rosto de Creiniane, após isso, ele jogou terra dentro do motor da motocicleta da vítima. Tudo aconteceu na frente do filho do casal.

Leia também:  Fazenda em Poxoréu | Policiais encontram caminhões e cargas roubadas, escondidos no meio do pasto

Confira aqui os detalhes do crime e fotos.

Professor suspeito de cometer o crime
Professor suspeito de cometer o crime
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.