O reajuste de até 5,68% no preço dos remédios passa a valer a partir desta segunda-feira (31) em todo o país, segundo o Ministério da Saúde. De acordo com o governo, o reajuste começa a valer hoje nas indústrias farmacêuticas e distribuidoras, e pode demorar mais para chegar às farmácias.

Na semana passada, o governo federal autorizou o aumento, por meio de uma publicação no Diário Oficial, mas informou que a alta de preço não seria repassada totalmente ao consumidor.

O reajuste será aplicado de acordo com três categorias de concorrência para os medicamentos. No nível 1, estão medicamentos com participação de genéricos igual ou superior a 20% (ou seja, onde há mais briga por espaço no mercado); estes podem ter um aumento de preços de até 5,68%.

Leia também:  Após alta no Dia das Mães, comércio está otimista para o Dia dos Namorados em Rondonópolis | TV Agora

Os de nível 2, com participação de genéricos igual ou superior a 15% e abaixo de 20%, poderão aumentar os preços em até 3,35%. Já os de nível 3, que são medicamentos com participação de genéricos abaixo de 15% (portanto, com maior concorrência), podem subir até 1,02%.

De acordo com o Sindusfarma (Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos no Estado de São Paulo), no nível 1 estão 53,3% dos medicamentos tabelados, como anti-hipertensivos, remédios para colesterol, diabetes, antiácidos, analgésicos e antibióticos.

No nível 2, estão 0,84% dos medicamentos tabelados, como o anestésico lidocaína. No nível 3 estão 45,86% dos medicamentos tabelados, como os para o tratamento de câncer e doenças cardiovasculares.

Leia também:  Empregador doméstico tem até esta segunda para pagar eSocial

No Diário Oficial, o governo informou que o ajuste de preços de medicamentos é baseado em um modelo de teto de preços calculado com base na variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), acumulado no período de março de 2013 até fevereiro de 2014.

Veja a lista completa dos medicamentos, divulgada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.