Não há como negar que o MMA mundial está diante de uma “invasão russa”. Lutadores fortes, resistentes e muito disciplinados tecnicamente, os russos são garantia de lutas duras em qualquer evento de MMA. Com relativamente poucos lutadores do país europeu em sua lista de contratados, o UFC aos poucos está escolhendo atletas russos para integrar seu cartel de lutadores. Recém-contratado pelo maior evento de MMA do mundo, o peso-pesado Ruslan Magomedov garantiu, em entrevista ao site “Combat Bear”, que em breve o UFC se arrependerá de levar seus compatriotas para lá.

– Lembrem-se de como as coisas aconteceram no Bellator. Os chefes lá decidiram abrir as portas para nós, e o que aconteceu? Os russos venceram quase todos que enfrentaram, ficaram com cinturões, ganharam o Grand Prix e, agora o presidente Bjorn Rebney não sabe o que fazer.

Leia também:  União e Luve decidem o Estadual Sub-19

Nascido no Daguestão em 1986 e com 11 vitórias e uma deroota na carreira, Magomedov tem em seu currículos triunfos contra dois ex-campeões do UFC: Tim Sylvia – esta luta na categoria super-pesado, com lutadores pesando acima dos 120kg, sem limite – e Ricco Rodríguez. Sua única derrota aconteceu em 2011, por nocaute, diante de Konstantin Gluhov, na Ucrânia.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.